Encontre Livros em Promoção nos nossos Principais Parceiros

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha Submarino

Uma resenha ilustre


- Oh, por segurança, não contei todos os meus planos a você! Bem, Watson, gosto do corpo a corpo com o adversário. Gosto de olhar nos olhos dele e conhecer pessoalmente a matéria de que é feito. [...]” 
Hello everyone! Aqui quem fala é a nerd-booklover-timelady-detetive de plantão! heheh
Continuando a minha paixão por histórias de detetive não posso deixar de citar Sherlock Holmes. Criado por Sir Arthur Conan Doyle, é o detetive mais famoso do Reino Unido e talvez o mais parodiado. 

Seu autor, por outro lado, se tornou célebre graças ao personagem e teve que matá-lo para ser melhor apreciado. É, não funcionou! Sherlock teve que retornar a pedidos de fãs escandalosos e para nosso prazer é recriado até hoje. 

Sir Arthur Conan Doyle também escreveu outros livros interessantes como o “Mundo Perdido” que contava as aventuras do professor Challenger (quem se lembra do seriado?) e seus convidados em uma expedição rumo ao desconhecido. 

O primeiro livro de Sherlock que eu li foi “O cão dos Baskerville” e não deu outra, adorei. Mesmo já superfã de Hercule Poirot, consegui abrir mais um espacinho para Sherlock e seu fiel amigo, o doutor John Watson. Vários livros, filmes e seriados depois, eles se tornaram também meus ídolos favoritos na área de investigação. 

Já adquiri um bocado de livros dele mas vou resenhar para vocês o conto “A aventura de um cliente ilustre” (original “The adventure of the Illustrious Client”) que integra o livro “The Case book of Sherlock Holmes” mas que possuo no livro pocket de mesmo nome do conto.

Minha versão, como já disse é da L&PM pocket e possui também o conto “O último adeus de Sherlock Holmes” (original “His last bow”). O livro possui boa diagramação, faz parte da coleção 64 páginas e é paperback (capa normal), bem fácil de ler e pode ser terminado em um dia.

A história se inicia com uma conversa entre os amigos Sherlock Holmes e John Watson quando surge um novo e diferente cliente. Os detetives já são acostumados com clientes diferentes, mas se assustam quando esse em especial pede que não tenha sua identidade revelada. Com um pouco de relutância, Sherlock aceita o caso e se torna representante em uma transação bem difícil: tentar separar Violet De Merville do vigarista barão Gruner (essa parte da história que realmente me incomodou, essa Violet é uma chata! Me deu vontade de entrar no livro e bater nela!). O detetive e seu fiel amigo revirarão o passado do asqueroso Gruner, correrão riscos de vida e até farão coisas ilegais mas será que conseguirão separar a jovem tola do lobo mau?

O livro ganhou 5 estrelas.
Curiosidades: Até hoje não descobri com certeza quem é o cliente ilustre (hehe) mas faço uma ideia de quem é já que o conto foi adapatado para TV, junto com outros contos, no seriado Sherlock da BBC no episódio “A Scandal in Belgravia” da segunda temporada.
O conto já foi publicado pela L&PM Pocket no livro “O vampiro de Sussex”.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos.
Marque a opção Notifique-me para receber a resposta ao Comentário.
Se quiser que eu responda por email, não se esqueça de deixá-lo aqui.
Se encontra algum erro no blog por favor nos avise!
O Comentário estará Disponível Após Moderação.

Quer deixar seu link? Use essa Dica

Topo