Encontre Livros em Promoção nos nossos Principais Parceiros

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha Submarino

{Resenha} As Solteironas de Chapéu Verde

RESENHA RELÂMPAGO 


Dei cinco estrelas no Skoob, mas queria dar dez. Uma das surpresas ótimas desse ano.
Não achei sinopse desse livro em canto algum, ouvi falar dessa autora ao pesquisar a coleção Biblioteca das moças, que eu já tinha ouvido falar, mas pesquisei efetivamente após uma publicação em um grupo. Coincidentemente, o livro era da mesma autora, chamado "Casar é bom". Foi então que iniciei minha busca por algum volume dessa coleção, e esse me pareceu bastante interessante.

As Solteironas de Chapéu Verde, Biblioteca das moças, literatura Nacional
Comecei a leitura sem saber nada além do que o titulo propõe; desta forma, vou fazer uma sinopse base:
Arlette é uma jovem parisiense ex rica, o pai perdeu tudo por negligência e se suicidou por isso, a mãe também faleceu, sobrando apenas ela e o irmão. Este irmão arranja um emprego na África, e Arlette só tem as parentas do interior para se apoiar, elas são quatro solteironas que usam chapéus verdes. As primas aceitam hospedá-la em sua casa, meio a contragosto, Arlette também detesta a ideia de viver com elas por puro preconceito, ela teme que a influência delas a torne também uma solteirona. Porém, a protagonista, assim como as primas, evoluí como pessoa, criando um afeto com elas, isso começa a acontecer quando Arlette descobre um diário de uma das primas, onde está escrito que esta, era exatamente como ela, uma jovem que pretendia se casar e não pode por circunstâncias alheias á sua vontade. Então ela começa uma investigação para saber qual das primas é a dona do diário, e faz tudo para fazê-la voltar a desejar um amor.


Bom... Eu já esperava que esse livro fosse bom, mas não esperava que fosse me fisgar logo na primeira página. A narrativa da Germaine é fluida, e lembra bastante uma descrição teatral, é impressionante como as cenas ficam vivas na sua cabeça por causa disso. É um livro com uma atmosfera PERFEITA, agradável a ponto de querer abracá-lo. O livro é uma comédia de costumes, tal como alguns livros da Jane Austen, e na verdade esse livro me lembrou bastante dela. Recomendo fortemente. Agora é partir em busca dos outros volumes da coleção.

Onde encontrar o livro? 


A coleção Biblioteca das moças é antiguinha, ou seja, não tem nas livrarias novas, apenas em sebos. Neles é relativamente fácil de achar, pelo menos alguns dos volumes. O meu exemplar eu achei no Sebo do Messias, em São Paulo, no valor de $6 reais. Vale um garimpo literário para achar essa preciosidade.

- Por Katherine Salles
Existem Sebos Online que pode ser possível comprar:

Livronauta

Estante Virtual

Tem possibilidade de baixá-los pelo Minhateca




Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


Um comentário

  1. Amei a indicação do livro. Me divertir muito. A Arlette é uma mistura das heroínas da Jane Austen! Delícia de livro!

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem vindos.
Marque a opção Notifique-me para receber a resposta ao Comentário.
Se quiser que eu responda por email, não se esqueça de deixá-lo aqui.
Se encontra algum erro no blog por favor nos avise!
O Comentário estará Disponível Após Moderação.

Quer deixar seu link? Use essa Dica

Topo