Encontre Livros em Promoção nos nossos Principais Parceiros

Livraria da Travessa  Livraria Cultura Livraria da Folha Submarino

Lady Charlotte and Mr. Philip ¤ Capítulo 7 - Parte 1

***

Leia Os Capítulos 65, 4, 3, 2, 1

O Baile


O dia que antecedeu o baile passou sem nenhuma novidade, Charlotte convenceu Anny de que  precisava se preocupar com seu traje, ela ainda não ficara sabendo o que ocorreu com sua irmã em seu passeio a margem do lago, mas naquele momento o assunto não era mais importante. Ainda que Anny se sentisse tentada a encontrar seu mais novo amigo George em um passeio casual de quase todas as tardes, ela preferiu satisfazer os desejos da irmã  e manteve seus pensamentos apenas no baile que iria acontecer no dia seguinte.
Sua tia cantarolava feliz pela residencia  juntamente com sua filha mais nova , quando em um momento de distração encontrava o olhar de Anny, e disparava para a jovem:

- Não seja tão simples em sua escolha, querida, esse baile trás a esperança de um pretendente bonito e afortunado, não acha Charlotte?! contarei com sua ajuda.

E antes que Charlotte respondesse algo, fitou o semblante de Anny e viu sua tia sair alegremente cantarolando pela escada, enquanto sua irmã  suspirava profundamente e disparou em uma ar de ironia:

- Espero que não seja tão cruel comigo, Sra. Philip!

Charlotte sorriu juntamente com sua irmã, não se importava com a ideia de Anny chamá-la de Sra Philip, mas ainda se sentia insegura quanto aquela afirmação e pensava "Ainda que me trate bem, não notei um grande interesse dele em mim, seus olhos azuis escondem algo que ainda não decifrei.''

-Algo lhe incomoda, querida irmã? Disse Anny

E com um olhar de dúvida, Charlotte arriscou a perguntar:
- Você notou que Sr. Philip as vezes tem um olhar frio? Parece que algo o perturba?

- Não notei, mas repararei durante o baile. Isso lhe incomoda?

-Sim, um pouco. As vezes não consigo decifrar o que realmente se passa com ele e seu real sentimento.

- Se importando com os sentimentos de Sr. Philip, querida irmã?! Por acaso seus sentimentos por ele mudaram?

-OH! Não querida Anny, estou apenas argumentado algo que eu notei.  - Percebeu seu rosto corar e logo mudou de assunto. - Você não me contou como foi seu passeio na tarde de ontem, não pude deixar de  perceber seu ar de satisfação.

-Sim, foi realmente um passeio grandioso e produtivo, desejei tê-lo feito novamente esta tarde, seria mais interessante do que escolher roupas de baile e pensar no meu futuro pretendente. As duas caíram no riso e foram interrompidas por sua criada com o chamado para o jantar.

***

Diga-me meu bom amigo George sua cavalgada ontem foi agradável?  Parece que ficou a tarde toda.
- Disse Seth enquanto tinham o primeiro almoço.

George pensou por um momento e resolveu contar tudo:
-Eu não sou homem de segredos, cavalguei por aquela colina que me indicou e fui além, encontrei uma jovem caminhando e admirando a paisagem. Tive com esta senhorita a mais pura das conversações e sem intenção alguma. Ela pareceu retribuir bem a minha amizade e sinto que fui verdadeiro.  Não nos fizemos conhecer. Apenas dissemos nossos primeiros nomes. Então nos despedimos. Quisera eu que ela fosse uma de suas convidadas ao baile. Assim poderíamos nos ver novamente.

- E como ela era em sua figura?

- Oh, ela aparenta ser uma dama madura de pensamentos, tem traços marcantes, porém delicados e o sorriso dela reluz e contagia sem frescura e afetação, tais como as jovens que nossas mães desejam nos apresentar. Ela também tinha o cabelo liso e tão negro como as noites sem luar.

-Ora, ora, parece que esta jovem mexeu mesmo com você George. Esperemos que ela seja uma dama livre, assim poderá dizer-lhe seus sentimentos. - Ponderou Seth.

- Ora, meu caro amigo Seth, falei sério quando disse que tive a mais pura das conversações e sem intenção alguma de ambas as partes.

- George, sejamos francos!

- Prossiga cavalheiro.

- Tem certas coisas que são óbvias! Há alguma dama felizarda que já possui seu coração?

- Tu bens sabes que não.

- Então meu amigo, por que não cortejar uma dama com tais qualidades descritas por ti? Acredite meu amigo, não é fácil encontrar mulheres inteligentes, com sorriso aberto e sem frescuras!

- Ora, ora! Olha o cavalheiro apaixonado querendo espalhar o amor!

Ambos deram muita risadas e Philip comentou:
- Não estou apaixonado, meu amigo, mas não tem como não admirar certas damas. Como te escrevi, Charlotte tem um sorriso lindo e é impressionante sua linha de pensamento. Ficou quieto um momento e completou: - Mas ela tem esperança no amor e eu não posso dizer o mesmo de mim.

***

O dia do baile enfim chegara, Charlotte estava, ela podia dizer, um pouco ansiosa, enquanto Anny não parava de contar os minutos para, finalmente, horário do baile chegar e ela vestir o lindo vestido de musselina cor de lavanda que ela tinha escolhido e que tanto gostara. Enquanto Charlotte preferiu escolher um vestido de musselina azul, com pequenos pontos brilhantes, que realçavam seus olhos e a tonalidade de seus cabelos e sua pele tão clara. Charlotte se orgulhou de sua escolha, ficava bem de azul , tinha que admitir, e aquele vestido era um dos mais bonitos que já vira.

Chegou no baile e os olhos do Sr. Philip foram os primeiros a notar o quão bela ela estava com um vestido simples, delicado, mas que a deixara muito linda.
George notou que a mesma moça que havia passeado com ele era a que estava do lado da moça de vestido azul e ficou encantado.
Pensou: Terei a oportunidade de conhecer melhor a moça que vi naquele monte.


George fez um aceno chamando Seth ao canto e lhe disse:
- Ali eis a jovem de quem lhe falei. Está ao lado da dama de azul. Veja.

Disfarçando o sorriso Seth disse-lhe:
- Esta é Anny, ela é prima da senhorita que mencionei na carta. Ambas estão realmente bonitas. Elas acabam de entrar com Sir. Davies e a Sra. Davies. Há mais duas crianças, mas eles não os levam a bailes por serem muito jovens. Assim que for anunciado a primeira Dança irei convidar a Srta. Davies para me acompanhar. Porque não faz o mesmo e convida a jovem Anny.

De fato o farei. - respondeu George ansioso.

Charlote e Anny estavam divinas, arrancando alguns olhares do publico do baile, e ela se perguntava se era por seus trajes ou pelo boato que se espalhara, que ela seria a futura  Sra Philip.
Charlotte apreciava o baile quando percebeu que Anny resmungava ao seu lado.
-Oh, Deus. Não acredito!!

-Que foi Anny?! Exclamou Charlotte com ar de preocupação.

-Não se preocupe comigo querida irmã, creio que ficarei bem, preciso apenas observar algo, me perdoe em me ausentar por apenas alguns minutos, avise a Sra. Davies para não ousar em fazer a escolha do noivo sem a minha presença.

E sorrindo, Anny foi se afastando da irmã, Charlotte já na presença do Sr. e Sra. Davies observou a aproximação de Philip e com uma pequena inclinação se apresentou aos presentes.

-Sr e Sra Davies, é uma honra te-los como companhia neste baile, Srta Davies, pegando a mão de Charlotte para beija-la - exclamou em seguida: - Ficaria honrado se a Srta me desse a honra da primeira
a dança?!.
Charlotte corou ao perceber que o olhar de quase todos se direcionava aquela cena, e com um sorriso tímido respondeu. 

- Oh, sim Sr Philip, me sinto lisonjeada pela proposta. Os dois se entreolharam e sorriram, ficando ali alguns minutos a mais antes de dar atenção a alguns convidados com presença recente ao baile.

Anny andava confusa pelo salão, quando ouviu aquela voz que já conhecia lhe chamando - Srta Anny, Srta Anny. Anny tentou se afastar um pouco da multidão que os cercavam e conseguiu avistar uma grande cortina que escondia uma janela,  e seguiu até lá, percebeu que o rapaz que lhe chamava fazia o mesmo.
Ao adentrar a cortina Anny foi surpreendida com um toque em suas mãos e encarou o rapaz em questão.
- Querido George. Com aquele sorriso que ele já conhecia, ela não tratava ele com formalidade quando estavam a sós, era como se ainda estivessem naquela tarde contemplando aquela lagoa.

- Meu Deus Anny, não acreditei que era você quando a vi entrando no baile, Philip me fez saber que a senhorita é irmã da Srta Charlotte Davies, em pensar que por uma outra vez fui até a lagoa para ver se tinha a sorte de encontrá-la.

Anny se movimentou de modo que suas mãos escaparam das mãos de George - Gostaria que fossemos discretos neste baile Sr. George e não aparentarmos que já nos conhecíamos, gostaria de evitar alguns comentários, todos sabem que minha mãe se pudesse, casaria eu e Charlotte neste baile, sorrindo, continuou - Não gostaria que a nossa amizade ficassem entre propostas e comentários de casamentos. - Não contei ao todo do que se passou naquela tarde para Charlotte, espero que sua discrição tenha sido a mesma com Sr Philip.

Ela percebeu o olhar pensativo de George, mas esperou por alguma argumentação. O que lhe foi dada alguns segundos depois 

-Entendo a Srta e farei como desejares, serei bastante discreto.

Anny deu de costas e voltou para o baile, George ainda ficou ali alguns minutos.
Ao retornar para o baile percebeu Philip em sua direção e foi ao encontro do amigo.

- George, convidou a Srta Davies para a primeira dança? Gostaria de lhe apresentar a Charlotte Davies.
- Convidarei assim que me apresentares as senhoritas Davies.

- Como assim? Você já disse conhecer a Srt....
Foi interrompido por George que exclamou - Faça-me esse favor Philip, e assim que o baile encerrar contarei minhas atitudes essa noite, e por favor, não faça a Srta Charlotte perceber que já conheço sua irmã, como lhe disse, lhe explicarei tudo.
Philip fez como seu amigo pediu e os dois seguiram em direção aos Davies.

Era evidente que George saíra de trás daquelas lindas e impetuosas cortinas azuis diferente de quando passou por elas há apenas 5 minutos atrás. Seu semblante não carregava mais o tão charmoso sorriso de lado, nem seus olhos brilhavam como antes. De fato, tinha um turbilhão de pensamentos o perturbavam.

Mas que tipo de senhorita é esta? - se indagava George em seu pensando.
Respondeu a si mesmo quando seu olhar encontrou Anny sorrindo ao conversar com uma dama a poucos metros dali: -A mais bela das senhoritas aqui presente, com certeza!
-Naquele momento não pode evitar sorrir de canto e não percebeu que havia brilho em seu olhar. Porém um grupo de debutantes que observava - o já a um tempo, notaram tal expressão e o acharam ainda mais encantador.
Seu semblante voltara a ficar sério. Seus pensamentos ainda o perturbavam:
-Mas... Mas como assim? Não foi nada gentil da parte dela aquele comportamento...- Concluiu consigo mesmo: - Foi muito grosseiro da parte dela!

Philip encontrando George exclamou: Vamos amigo, agora posso lhe apresentar os Davies, venha. George assentiu e os dois caminharam prontamente.

- Sir e Sra Davies, gostaria de lhes fazer conhecer meu amigo George Huggins, ele que fez parte do regimento de Newcastle e já deu por concluído seus afazeres, George, Sr e Sra Davies e suas filhas Charlotte e Anny Davies. Ao assentir para todos do grupo apresentado, beijou a mão de Charlote e de Anny, que ficou desconcertada, mas reagiu bem a apresentação.

- Então George, seria uma honra se você convidasse a senhorita Anny Davies para a primeira dança, não acha?!

Antes de qualquer resposta de George, a Sra Davies se adiantou e alertou - os que infelizmente não seria possível, pois Anny já teria um par para a dança que iria ocorrer, mas afirmou que a segunda dança poderia ser com ele.
-Me perdoe senhores, Mas o Sr Tyler convidou Anny para fazer par nesta dança, mas não deixa de ser uma grande honra Sr Huggins, ver que minha querida Anny estará no salão com o senhor na segunda dança deste baile maravilhoso.

- Sim, será uma grande honra Senhora Davies, pena que Philip não fez que eu me apresentasse antes do Sr. Tyler. E olhando para Anny - Mas ficaria honrado em tê - la como par na dança seguinte Srta Anny, foi realmente um grande prazer conhece-la, e a Senhorita Charlotte também, Sr e Sra Davies, se me derem licença e assentindo com a cabeça saiu da presença dos mesmos deixando a família Davies e Philip para trás.



***



Leia O Capitulo 7 parte 2

Com Contribuições de:
Angélica Damasceno, Camila Ribeiro, Emily Correia, Lizandra Catharine, Michelly Cruz, Raquel Fernandes



Digite seu Email e Fique por Dentro de Tudo que Acontece Aqui, Posts, Promoções e Sorteios:


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos.
Marque a opção Notifique-me para receber a resposta ao Comentário.
Se quiser que eu responda por email, não se esqueça de deixá-lo aqui.
Se encontra algum erro no blog por favor nos avise!
O Comentário estará Disponível Após Moderação.

Quer deixar seu link? Use essa Dica

Topo